E ainda sobre aquele papo feminista…

Imagem

Há material de sobra na rede para aqueles que ainda estão boiando ou que querem se aprofundar mais no assunto feminismo. Muitos destes sites são blogs, o que não tira o crédito dos textos pelo contrário a linguagem usada facilita muito na hora da leitura.

É claro que não se pode tirar o crédito de livros (é sério). Sempre acreditei e continuo achando que se você realmente quer conhecer sobre um assunto deve primeiramente ou segundamente (se você preferir) pesquisar em livros. Mesmo que a linguagem de um blog, seja de fácil deglutição (Alô Angela Bismarchi), nunca poderá substituir a veracidade das informações de um livro.

Porém para facilitar a vida, vou citar aqui alguns dos blogs que venho acompanhando já faz um tempo, e que me ajudaram a entender um pouco melhor o assunto:

Blog da Lola: Bom, esse blog já é bem conhecido por quem se considera feminista, a criadora se chama Lola Aronovich, é doutora em Literatura em Língua Inglesa pela UFSC. O bacana deste blog é que ele é “quase sempre” feito com relato de leitoras, que procuram contar as suas dificuldades, o que faz com que você acabe se identificando.

Blogueiras Negras: Outro blog bem famoso, os textos são bem ricos e muitas vezes tratam um ponto de vista mais rebuscado cheio de questionamentos que nem tinham passado pela sua cabeça em determinado assunto. Apesar de ser um blog especifico para quem é negro (isso não é uma regra), há bastantes textos sobre situações que todas as mulheres já passaram.

Olga: Não sei bem se é um blog feminista, até porque na descrição a autora diz que procura discutir a feminilidade. Os assuntos tratados no blog são bem diversificados. Mas atenção não esperem dicas de moda ou beleza, a discussão é bem mais aprofundada, pois os textos tem caráter de reflexão sobre a mulher de hoje e todos os problemas/soluções que a acompanham.

Bom espero que tenham gostado das minhas dicas inté 🙂

Ps.: O site da Carta Capital, recentemente disponibilizou uma área só para esse assunto, se chama Feminismo pra quê?. Enjoy!

Anúncios

Continue…Amando aquilo que faz…

eu-no-continue-curioso

A internet tem muita coisa e você pode se sentir perdido com todo esse conteúdo e  suas infinitas possibilidades.Mas no meio de todas essas informações geradas pela rede sempre tem alguma coisa que me deixa orgulhosa de fazer parte da geração Z.

Continue Curioso…

É um projeto/série documentário que tem como objetivo relatar pessoas como nós, que saíram dos seus empregos convencionais para seguir o seu coração.

Criação da redatora Juliana Mendonça e da fotógrafa Cristiane Schmidt, ambas também largaram suas possíveis carreiras para trilhar o desconhecido.

Aliás, a palavra que define melhor o ideal desse projeto é o desconhecido. O mergulho na impossibilidade de segurança não só profissional, mas também pessoal. Todos os entrevistados deixaram suas “âncoras” e foram correr o risco sem nenhuma certeza de sucesso.

Continue-Curioso

E questionar a definição de sucesso da sociedade atual, é necessária uma coragem enorme, e  imaginar que existe esse tipo de  pessoa é inspirador.

Os vídeos são postados uma vez por mês, por isso admito, que para alguém como “eu” que sofro de ansiedade mutua, fica aquele gostinho de quero mais… Mas o resultado de edição dos vídeos é realmente surpreendente por isso é compreensível a espera.

Recomendo pra quem é curioso assim como eu,  como também pra quem está nesse conflito que uma hora ou outra acaba passando por nós.

Ah detalhe vale a pena dar uma olhada nos trabalhos de alguns dos entrevistados…

Se você quiser saber mais, as criadoras deram uma entrevista para o site da TPM, que você pode conferir aqui

E claro:

http://continuecurioso.cc/

Canal no Youtube